INCLUSÃO É TEMA DE OFICINA NO 24º FENATIB

Alunos da EBM Alice Thiele participam da oficina
“Sentindo História: da literatura à inclusão | foto: Divulgação

“Sentindo História: da literatura a inclusão” é o tema da oficina que será ministrada por integrantes da Sociedade Cultural Amigos do Centro Braille de Blumenau – ACBB durante a realização do 24º Festival Nacional de Teatro para Crianças e Jovens. Com os olhos vendados, alunos das escolas municipais Visconde de Taunay e Profª Zulma Souza da Silva vão experimentar um espetáculo que explora a audição, o tato, o olfato e o paladar. O objetivo, segundo Eliane Luchini, diretora técnica da ACBB, é “ver além da visão”.

Os chamados “enxergantes” têm uma oportunidade inédita de entender o mundo de pessoas cegas e de baixa visão a partir da participação na oficina. Com a peça “Menina Bonita do Laço de Fita”, uma narradora conta a história acompanhada de efeitos sonoros feitos com um pau-de-chuva. As crianças recebem nas mãos os bonecos que são os personagens da peça, percebem suas formas e textura, degustam sabores dos elementos da história e aspiram aromas. O número de participantes é limitado a 30 pessoas, para que todos tenham a oportunidade de vivenciar essa experiência sensorial. Ao final da oficina é feito um trabalho de conscientização, explicando a função da bengala e sugerindo formas de auxiliar pessoas cegas.

A oficina aborda a importância da inclusão de pessoas com deficiência, educando para o fim da discriminação e do preconceito, o que hoje é resumido no conceito de “capacitismo”. Entender que as limitações, como a da visão, não são incapacitantes para o trabalho e para a participação das atividades diárias é o grande desafio para quem convive com alguma deficiência. “As barreiras arquitetônicas não são maiores do que as barreiras atitudinais”, declara Eliane Luchini. “É preciso incluir, respeitando os direitos de ir e vir, ao trabalho, ao lazer, como pessoas produtivas que têm muito a contribuir com a sociedade”.

Oficina “Sentindo História: da literatura à inclusão” | Associação Cultural Amigos do Centro Braille de Blumenau:
EBM Visconde de Taunay | 09/09 | período vespertino;
EBM Profª Zulma Souza da Silva | 14/09 | período vespertino;

Assessoria 24º FENATIB
(47) 99188-0446 | Miriam Mesquita
(Jornalista | 0007004/SC)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.